CASE CABRINO. O projeto é parte integrante da disciplina ‘Integração Profissional’ do curso de Logística

A Faculdade Policamp continua sendo referência em ensino superior e com o reconhecimento do MEC e do mercado de trabalho. A instituição realizou por meio do curso de Logística o primeiro projeto em parceria com a empresa Cabrino Distribuidora de Produtos Automotivos. Trata-se do novo formato implantado e que já vem se destacando – a Escola de Negócio, cujo conceito é identificar oportunidades e propor melhorias nas empresas. O projeto Cabrino, como ficou batizado, é parte integrante da disciplina ‘Integração Profissional’ do Curso de Logística, desenvolvido a partir do 2º semestre. E a apresentação dos estudos de caso real pelos acadêmicos foi no dia 13 de dezembro, no anfiteatro da Policamp, com vários projetos com foco em processos. 

 Para montar os cases os estudantes realizaram diversas visitas à empresa Cabrino, com o objetivo de mapear e levantar as informações dos processos atuais. Em posse das informações eles identificaram os Kaizens (pontos de melhorias) nos processos e planejaram soluções e ações para novos processos. Entre eles, o Processo de Recebimento – com janelas de entrega, descarregamento de veículo; organização entradas, layout; Processo de Armazenamento – que propôs solução de WMS (warehouse Management System), localização automática de materiais no depósito; Processos de Expedição – a partir de pedidos, separação, e distribuição das mercadorias; layout da área; e Processo de Logística Reversa – para vendas de baterias automotivas e retorno das baterias usadas conforme a legislação do meio ambiente para tratar dos componentes de metais pesados.

 O evento contou com a presença do gerente administrativo da empresa, Auro Galeotti, que elogiou o projeto. “Toda jornada é sempre iniciada por um corajoso primeiro passo. E essa é a sensação que fica no desfecho da primeira experiência com esta parceria. Para a Cabrino, que neste ano de 2013 completa 50 anos de uma história de sucesso, a associação com uma Instituição de Ensino de reconhecida excelência como é a Policamp, deixa-nos com a responsabilidade de dar continuidade a esta empreitada, fazendo dela importante ferramenta de análise na solução dos problemas do dia-a-dia de uma operação complexa como a nossa”, comentou.

 

 Segundo ele, ideias e soluções de observadores externos têm a virtude de ‘oxigenar’ as buscas do aprimoramento das rotinas da Cabrino. “Novos temas e desafios serão lançados aos estudantes neste semestre. Desde já, reafirmamos nosso intento em fortalecer esta parceria”, concluiu.

 O projeto

 Os acadêmicos tiveram a coordenação do prof. José Roberto Pierre para a montagem dos cases. Eles se basearam nos conceitos das disciplinas adquiridos no 1º e 2º bimestre de 2012 e na metodologia de mapeamento dos processos, utilizado nas grandes empresas com a finalidade de identificar os desperdícios e propor melhorias.

 

 “Poder desempenhar na prática o que vemos em sala de aula é de grande valia para nosso crescimento profissional e no desenvolvimento de nossas visões e teorias quanto ao que podíamos pensar sobre a logística. Agradeço a oportunidade e a paciência dos professores durante os erros cometidos na elaboração do projeto, bem como nas repetidas explicações para montarmos adequadamente este que foi de grande importância a todos”, disse a estudante Aline Figueira.

 A CABRINO

A história da Cabrino teve início no ano de 1963, pelos irmãos Clóvis e José Carlos Cabrino. Eles fundaram em Campinas uma pequena empresa por meio de sociedade, e naquela época atendiam algumas marcas específicas, como Gordini, DKW, Simca, Willys e até os primeiros Fuscas. Com o passar dos anos mudanças foram necessárias para atender os clientes, e a direção da empresa saiu do varejo para o atacado de autopeças. E aos poucos os irmãos Cabrino foram ampliando o comércio, desta vez no segmento de mecânica e elétrica. Depois, veio o destaque com a linha Diesel e em seguida com força total, também as linhas leves, álcool e gasolina.

 O portfólio de produtos representados pela Cabrino, não parou de crescer. Prova disso é a exclusividade na representação da linha Castrol de Óleos Lubrificantes, que vai além de toda a RMC (Região Metropolitana de Campinas).

 Em 2008, a Cabrino ganhou novo endereço. Instalada em um prédio de mais de 2.500 metros quadrados, a matriz da empresa agora tem sede própria, no Jardim Santa Cândida. O novo prédio tem espaço planejado para o grande estoque e as centenas de itens comercializados.

 Estrategicamente localizada, a nova sede permitiu um ganho incomparável no quesito logístico. Fato que posiciona a Cabrino a permanência na liderança regional no comércio de autopeças e produtos Castrol, sempre com agilidade na prestação de serviços.

 A Cabrino fica na Rua Alfredo da Costa Figo, número 115, no Jardim Santa Cândida, em Campinas.

POR: DUDA GAMBETA

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: